4 dicas para usar a crise imobiliária a seu favor

Publicado em BemDireto na mídia, Geral Tags: , ,

A ideia de uma bolha no mercado imobiliário brasileiro ainda é um tanto quanto imprecisa. De fato, os imóveis apresentaram uma grande alta de preços na virada para a segunda década do milênio (2010), quando houve expansão de construções e barateamento de crédito imobiliário para a compra de casas e apartamentos.

Contudo, a crise econômica que vem abatendo o país nos últimos anos tem motivado uma queda importante nos valores que antes eram cobrados pelos imóveis. Será que essa desaceleração pode abater seu trabalho como corretor? Que tal saber algumas dicas para aproveitar o momento e vender ainda mais?

Potencialize as negociações imobiliárias

Não adianta ficar desesperado com a ideia de crise e esperar que ela passe para voltar a fazer ótimos negócios. Afinal, o mercado imobiliário é mesmo inconstante e, na verdade, as ocasiões que são consideradas como crise podem esconder excelentes oportunidades.

A situação atual de preços estagnados e a baixa procura em alguns lugares fazem com que os proprietários dos imóveis, além de construtoras e incorporadoras, sejam mais maleáveis na precificação de seus apartamentos e casas. Esta pode ser uma chance de ouro para conseguir bons descontos e ter melhores negociações para o cliente que vai comprar, ou para conseguir mais vendas, caso esteja prestando serviços para quem vende.

Atualize as informações de seus cadastros

Agora pode ser um ótimo momento para que você deixe os dados cadastrais das pessoas que já compraram ou entraram em contato com você de forma correta e atualizada.

Ao entrar em contato novamente com os clientes é aberta a oportunidade da pessoa fazer o retorno da sua chamada ou e-mail com a intenção de procurar um novo negócio imobiliário. Assim, você terá uma visão melhor de quem está estacionado no mercado e quem está para jogo de novo.

Auxilie o cliente a fazer as contas

Muitas pessoas podem retardar a sua aquisição imobiliária por conta de não se sentirem seguras em assumir um compromisso em plena recessão econômica. Porém, é aí que o corretor pode se tornar um facilitador real do negócio. Ainda que muitas vezes seja delicado falar de dinheiro com clientes, um relacionamento construído de forma transparente e íntegra com o consumidor vai lhe dar a abertura para conhecer seu poder de compra e ajudá-lo a adquirir um imóvel dentro de seu perfil financeiro.

Analise todas as variáveis e fatores junto com seu cliente, para que ele se sinta seguro para fechar o negócio sem correr tantos riscos de inadimplência no futuro.

Estude sempre o que acontece no mercado

Como agente imobiliário, é óbvio que você deve se manter atualizado sobre o que acontece no mercado. Mas em momentos considerados difíceis, manter-se atento e informado acerca das mudanças é ainda mais essencial.

E não só dentro do ramo de imóveis: estude as mudanças da economia, as projeções para os períodos futuros de curto e médio prazos, faça treinamentos e cursos para expandir seus conhecimentos nas diversas áreas que podem ser usadas para ampliar suas vendas.

Se você proporcionar um serviço melhor, a crise não chegará para você — acredite.

Utilize a crise imobiliária a seu favor: não espere para atuar no mercado. Sempre há demanda por imóveis residenciais, sobretudo nas cidades maiores e mais populosas. E as propriedades imobiliárias sempre foram uma aposta considerada segura no Brasil.

O que você tem feito para vender mais ao longo desta pequena crise econômica pela qual o país tem passado?

Clientes imoveis e parcerias em um só lugar

Artigos relacionados: