5 dicas para aumentar as vendas de imóveis em tempos de crise

Publicado em Geral Tags: , ,

Business man running and can jumping over the hurdle, business concept in successful and overcome the problem or obstacle.

Vender imóveis já é uma tarefa trabalhosa e que exige um bom treinamento profissional, mesmo quando o mercado está calmo e com boas oportunidades para todos. Mas e quando a crise aparece no segmento imobiliário? Consequentemente, fica mais difícil para o corretor vender seus serviços, ainda mais que a concorrência se encontra na mesma situação de dificuldade e, sendo assim, fará de tudo para garantir mais clientes.

Entretanto, a crise pode ser um momento complicado e ao mesmo tempo ideal para novos aprendizados aos profissionais da área. Oportunidades para testar alternativas costumam aparecer nestes tempos, afinal, a única saída para os corretores é encontrar soluções viáveis para si e seus clientes. Veja como aumentar as vendas de imóveis em tempos de crise com as nossas 5 dicas!

Esteja bem preparado

Estar informado acerca dos detalhes do imóvel é uma característica imprescindível para qualquer corretor. Em tempos de crise, ela se torna mais do que necessária. É preciso estar preparado para oferecer todas as informações ao futuro comprador, citando os benefícios e pontos positivos do imóvel, bem como explicar por quais motivos ele deve ser escolhido.

É importante ter em mente que o negócio deve ser viável tanto para o cliente quanto para o vendedor, por isso atente-se para as vantagens atuais e futuras que o imóvel proporcionará, que podem estar relacionadas com a localização, com a vizinhança e a proximidade com determinados serviços.

Defina preços apropriados

Procure ser coerente em relação ao preço do imóvel, afinal, se em bons períodos de venda ele já é um produto consideravelmente caro, imagina quando se encontra em tempos de crise. Poucos clientes terão a oportunidade de comprar um imóvel com preços abusivos, por mais bem avaliado e conservado que ele esteja.

Caso a definição do preço gere incertezas, é possível comparar e pesquisar outras condições semelhantes para se ter pelo menos uma base de valor do imóvel.

Mantenha o imóvel impecável

Nunca se esqueça de manter a boa aparência do seu produto. Em tempos magros, alguns imóveis tendem a ficar parados no aguardo por compradores, por isso é fundamental que os ambientes internos e externos estejam impecáveis.

Não importa o tipo de visitante, o fato é que todos querem ver um imóvel bem cuidado antes de fechar qualquer negócio.

Observe o interesse dos compradores

Em situações de compra, é normal que alguns clientes insistam em baixar os preços do imóvel de interesse, deixando o vendedor sem saída, já que precisa mais do que qualquer coisa, vender. Mas ao mesmo tempo, você não quer desvalorizar seu produto, não é mesmo?

Bom, primeiramente, procure analisar bem o cliente e descubra se ele realmente tem condições e o objetivo de adquirir o imóvel. Se sim, é válido negociar uma maior quantidade de parcelas e propor financiamentos mais acessíveis. Assim, você garante o dinheiro do bem em mãos mesmo em tempos de crise.

Saiba dialogar com o cliente e mantê-lo por perto

Por último e não menos importante, é essencial estabelecer um diálogo saudável com seus clientes, a fim de deixá-los à vontade para questionar as condições do imóvel e da compra. Mais ainda, é bom mantê-los por perto oferecendo consultorias e auxílios após a venda, para que eles retornem na forma de indicações e novos clientes.

E você, quais destas dicas pratica atualmente? O que mais faz para vender em tempos de crise? Deixe seu comentário!

Clientes imoveis e parcerias em um só lugar

Artigos relacionados: