5 truques de negociação que vão te ajudar a vender mais

Publicado em Geral Tags: , , , , , , ,

shutterstock_130099715A boa negociação não é aquela na qual os corretores obtêm vantagens sobre o cliente, mas aquela na qual ambas as partes envolvidas saem satisfeitas. Se o cliente for fidelizado, melhor ainda! Mas você sabe como agir ao negociar? Está preparado para conduzir a negociação de forma segura?

Não há uma receita pronta para que a negociação dê certo, mas existem alguns truques que podem potencializar as chances daquele tão sonhado contrato de venda ser assinado. Quer saber mais? Então vem com a gente!

Seja flexível

Em uma negociação, ser irredutível não é positivo para nenhuma das partes, o ideal é encontrar o equilíbrio, de modo que todos concluam o negócio com o sentimento de satisfação. Quando uma proposta não é aceita de primeira, é preciso ouvir e estudar a contraproposta. Tenha sempre um plano B, tão atraente e vantajoso quanto o plano A, porém com condições diferenciadas.

Além disso, mostre ao comprador o seu interesse de fechar o negócio com ele. Não desista até que todas as possibilidades estejam esgotadas. Se preciso for, converse com seus superiores e veja até que ponto você pode chegar na negociação. Lembre-se: no mercado imobiliário, flexibilidade é fundamental.

Estabeleça contato visual

Estabelecer contato visual é o primeiro passo para mostrar ao cliente que você é um corretor digno de confiança, afinal, as pessoas tendem a não acreditar em quem tem o costume de desviar o olhar. Além disso, manter o contato visual durante a negociação revela que você se importa com o outro e está totalmente conectado àquela situação. Em outras palavras, no processo de compra e venda de um imóvel é preciso inspirar confiança e o olho no olho é fundamental para que isso aconteça.

Essa máxima vale não somente no universo dos negócios imobiliários, mas também na vida pessoal. Desviar o olhar pode em muitos casos transparecer que além de não se preocupar com seu interlocutor, você está mentindo ou tem algo a esconder. Se você não quer passar essa mensagem, então fique de olho e mantenha o foco no outro!

Evite discordar do cliente

Independentemente de qualquer coisa, o cliente não tem só o poder de compra, mas também o poder de escolha. Ele fechará o negócio com você apenas se sentir seguro e respeitado, caso contrário, ele procurará outro profissional, ainda que goste do imóvel que você está vendendo. A lei da oferta e da procura está aí pra isso, não é mesmo?

Para que a negociação seja conduzida com o máximo de tranquilidade possível, evite discordar do cliente. Emita suas opiniões sempre de forma controlada, com um tom de voz ameno, sem qualquer tipo de exaltação. Se houver uma divergência de pensamentos entre você e o cliente, deixe claro que você entende o ponto de vista dele, mas induza-o a considerar outras alternativas.

Outra postura que funciona bastante é balançar a cabeça assertivamente durante a conversa. Isso mostra que você está atento à negociação, entendendo e concordando com o que o cliente diz. Numa negociação, a melhor pedida é sempre procurar amenizar conflitos e evitar ao máximo os embates diretos com o cliente.

Use argumentos sólidos

Dificilmente um cliente fecha um negócio a partir de informações rasas. O bom corretor conhece profundamente os atributos dos produtos e serviços que está negociando. Ele faz a lição de casa direitinho e está preparado para responder os questionamentos dos clientes de maneira bem direta.

Os argumentos devem ser pautados nas informações técnicas, mas também devem recorrer à emoção. Cite exemplos, leve o cliente até o imóvel e o faça vislumbrar como seria bom adquiri-lo. As frases retóricas também funcionam bastante nesse contexto. Mas não abuse, certo?

Mantenha a postura aberta

Sabia que o corpo fala? Parece clichê, mas ele constantemente envia sinais às outras pessoas. O corpo tem o poder de transmitir mensagens involuntárias e comunicar o que sentimos sem que nenhuma palavra seja dita. Isso é muito perigoso! Especialmente numa negociação imobiliária, já que a venda de um imóvel demanda clareza e  objetividade.

Um dos erros mais comuns na comunicação corporal é manter a postura fechada. Braços cruzados, mãos no bolso ou expressão facial sisuda são bem prejudiciais para os  corretores. Essas ações enviam mensagens que podem colocar tudo a perder: “estou fechado para negócios”, “não tenho interesse de negociar com você”, “não estou disposto a me movimentar para fechar esse negócio” e assim por diante. Viu como é sério? Fique muito atento aos sinais corporais e mantenha sempre a postura aberta.

E aí, gostou das dicas? Agora que você já sabe um pouco mais sobre como negociar, que tal colocar o que aprendeu em prática? O sucesso não vai vir em um passe de mágica, mas aliando esses truques à dedicação e competência que você tem, certamente chegará muito longe. Você pode encontrar no   BemDireto um grande aliado nesse momento! Depois volte para comentar como foi sua experiência!

 

Clientes imoveis e parcerias em um só lugar

Artigos relacionados: