6 atitudes de compradores que deixam os corretores malucos!

Publicado em Geral Tags: , , , , , ,

Angry office worker on the phone

Mesmo que a corretagem seja um segmento que oferece muitas oportunidades, o processo de compra e venda de um imóvel pode ser bastante longo – e, em certos momentos, um pouco complicado. Existem algumas condutas que os clientes têm que podem dificultar enormemente a conclusão ou o bom andamento de uma venda. E depois de tanto esforço, o agente imobiliário pode ficar frustrado ao ver todo seu trabalho ir por água abaixo.

Veja a seguir pelo menos seis casos em que os compradores podem criar circunstâncias que deixem os corretores malucos e saiba o que fazer nestas situações!

O comprador quer fazer mil coisas no imóvel antes de propor uma oferta concreta

É comum para um comprador fazer duas ou três visitas, no mínimo, à casa ou ao apartamento pelo qual tem interesse em adquirir. Entretanto, é muito desgastante para o agente quando a pessoa leva os familiares ao local, faz medições diversas nos cômodos, marca reuniões com arquiteto e designer de interiores, entre outras ações do tipo, sem dar antes o prosseguimento no contrato de compra e venda do lugar.

É preciso dizer com jeitinho que tal situação é contraproducente para todos, já que o cliente terá todo o tempo do mundo para mudar o imóvel centímetro por centímetro, depois que estiver morando dentro dele.

O comprador faz ofertas baixas injustificadamente

Muitos compradores estão mal-acostumados à ideia de que, caso persistam em regatear os preços, conseguirão obter descontos às vezes irreais para a média do mercado. Há casos em que o valor cobrado pelo vendedor nem está caro, mas o comprador não ficará satisfeito se não se sentir conseguindo uma pechincha.

Deve-se mostrar a pessoa os valores de outros imóveis em iguais condições nos arredores e alertar que, caso consiga uma breve redução de preço, também se abrirá oportunidades para outros compradores aparecerem com suas ofertas. É muito importante ser realista e respeitoso.

O cliente entra em contato toda hora

Este é o caso de pessoas muito ansiosas. Claro que comprar um imóvel possa ser uma decisão que gere certa apreensão, mas é importante que o corretor, ao invés de evitar falar com o cliente e fugir de suas ligações, crie uma relação de segurança, de modo que a pessoa saiba que ele está se esforçando por ela. Uma ótima tática é combinar com o cliente um dia específico da semana para lhe mandar informações sobre sua demanda.

A pessoa desaparece em momentos cruciais

Os excessos são sempre complicados e é muito ruim também quando ao invés de se mostrar demasiadamente presente, o cliente se torna quase incomunicável, sobretudo em momentos importantes para fechar o negócio ou dar prosseguimento à dinâmica da transação imobiliária.

Pode ser que os clientes sejam esquecidos e desorganizados, então, quando for marcar visitas ou encontros com os vendedores entre em contato com antecedência para lembrá-los de seus compromissos.

O cliente faz grandes exigências

É bastante importuno quando, mesmo que a pessoa esteja no início da relação com o corretor, ela já comece a fazer várias exigências de seus serviços. Desta forma, ela espreme o agente com demandas e prazos para cumprir que exigiriam quase que uma exclusividade de trabalho.

O corretor deve explicar para os clientes, desde o início, a maneira como dedica-se ao trabalho e como serão feito os contatos com eles.

O comprador muda constantemente de ideia sobre o que quer

Mais uma característica de cliente que esteja comprando um imóvel pela primeira vez ou que tem a exata noção da importância do investimento que vai fazer. É normal mudar de preferências ao longo do processo de buscas por imóveis que se encaixem nos perfis das pessoas, mas a partir do momento em que uma oferta concreta seja feita, o corretor deve incentivar o cliente a manter o foco na direção de finalizar o negócio.

Os corretores e clientes devem sempre conservar um relacionamento transparente e de muita confiança uns nos outros. Do mesmo modo que os compradores precisam dar crédito para os profissionais que estão atendendo para melhor ajudá-los, os agentes devem compreender que a decisão de comprar um imóvel e desembolsar grandes recursos financeiros é uma das mais importantes na vida da maioria das pessoas.

E você, já passou por muitos clientes que tinham estas atitudes? Compartilhe com a gente como foi a sua experiência de negócio!

Quer saber mais sobre o BemDireto? Confira aqui todas as oportunidades para gerar novos negócios.

Clientes imoveis e parcerias em um só lugar

Artigos relacionados: