Como se especializar no atendimento a estrangeiros

Publicado em Geral Tags: , , , , , , , ,

Beautiful traditional asian chinese woman showing flat keys

O volume de negociações imobiliárias com estrangeiros no Brasil vem aumentando bastante nos últimos anos. E não foram somente os eventos internacionais que instigaram o aumento do número de aluguéis e as aquisições de imóveis, sobretudo nas grandes cidades brasileiras. Cada vez mais estrangeiros chegam ao país para trabalhar nas grandes e médias empresas, por temporadas ou pensando em se estabelecer permanentemente, ou são atraídos pela expansão da economia, aproveitando para investirem no setor imobiliário nacional. Será que você está preparado para atender a este público diferenciado?

Aprenda inglês (e outros idiomas)

Este é o ponto de partida para fazer negociações com estrangeiros. O agente imobiliário deve ser o mais fluente possível no idioma que é considerado global e se mostra como o mais utilizado nos diversos tipos de negociação e no mundo corporativo. Sabendo inglês, o corretor poderá diminuir quaisquer dificuldades de comunicação, o que é fundamental para criar uma relação de conforto e segurança com os clientes estrangeiros. Mas você pode ainda aprender outros idiomas, como espanhol, francês, alemão e mandarim. Hoje em dia, há, por exemplo, um aumento considerável de investimentos vindos da China, e algumas imobiliárias têm contratado profissionais que possuem conhecimentos no idioma oriental.

Atualize-se nas ferramentas tecnológicas

A distância poderia ser um empecilho para adiantar a concretização de certos negócios, mas a internet veio facilitar e otimizar muitos serviços, iniciativas e possibilidades. Empresários, de forma a se precaver, para quando estiverem no país, costumam fazer buscas de imóveis via web e, entre outras iniciativas, conferências online para desenrolar e fechar negócio. Desta forma, é bastante válido que você comece a se inteirar muito sobre aplicativos e softwares que facilitem a comunicação e programas que organizem sua agenda e seus contatos.

Saiba bastante acerca de seu portfólio

Cada cliente estrangeiro terá sua demanda personalíssima. Portanto, é essencial que o agente imobiliário entenda as características dos imóveis de seu portfólio a fundo, a fim de garantir a boa conexão desses itens às necessidades que a pessoa vai apresentar. Se o corretor está mais acostumado com o ritmo de trabalho de uma área apenas da corretagem (como o aluguel de apartamentos para morar, por exemplo), ele poderá se deparar com demandas extremamente diferentes (como clientes que desejam imóveis para especulação, ou funcionários que querem alugar domicílios por temporadas de quinze dias, entre outras situações).

Analise os principais países investidores

Além do fator idioma, os corretores poderão evitar choques culturais e facilitar ainda mais o estabelecimento de uma boa relação com os clientes se estudarem a cultura e as maneiras de negociação existentes naqueles países que mais vêm investindo no setor. Com certeza, um cliente árabe é bem diferente de um chinês, que também é muito diferente de um francês ou americano. Sabendo um pouco mais sobre as crenças e tradições do lugar e até mesmo sobre algumas técnicas de venda mais certeiras para este tipo de público, a interação fluirá melhor, de modo que o cliente se sentirá mais confiante para fechar negócio com você.

O bom corretor de imóveis precisa ficar bem antenado e entender como o mercado está se movimentando. Atualmente, o mercado está bastante propício para realizar transações com clientes que estão vindo do exterior para trabalhar e morar no Brasil ou apenas investir em imóveis por aqui. Prepare-se mais e mostre-se um profissional competente para aproveitar esta demanda, conquistar uma nova carteira de clientes e conseguir mais comissões!

Clientes imoveis e parcerias em um só lugar

Artigos relacionados: