Crise no mercado imobiliário: como o corretor pode sentir menos os impactos

Publicado em Geral Tags:

Woman using mobile phone and laptop at home

As projeções para o mercado imobiliário em 2015 não são tão afortunadas: a Caixa Econômica Federal, instituição financeira que abocanha boa parte dos créditos imobiliários no mercado há muitos anos, baixou medidas mais restritivas no início do ano e aumentou os juros aplicados nesses financiamentos. O momento, que já era de diminuição dos negócios imobiliários, ainda abriu caminho para que outros bancos piorassem as condições dos clientes em novos contratos de financiamento imobiliário, o que dificulta mais a busca por transações neste ramo. Porém, é justamente em ocasiões como esta que se escondem grandes oportunidades de crescimento. Que tal ver algumas dicas para não sentir tanto esses impactos e crescer no mercado?

Aposte onde o mercado o está levando

Se há poucas vendas atualmente, por conta da maior dificuldade de crédito, isso significa dizer que a procura por aluguéis tende a subir. Neste sentido, aumente sua carteira de imóveis em tal situação, e conserve a estabilidade de sua atuação no mercado. Em contrapartida, há mais oportunidades para vender os imóveis remanescentes nos estoque das construtoras. Pense em como poderia oferecer essas unidades para seus clientes, revendo os preços de comissões ou dando certos mimos aos compradores. Há casos de corretores que oferecem uma televisão de tela plana para quem adquirir um imóvel, por exemplo. Com iniciativas assim, você vai ganhar no volume e conseguirá vender bem mais.

Invista bastante nos relacionamentos com os clientes

O relacionamento com a clientela é a alma do negócio imobiliário. Não deixe de dar atenção à sua presença on-line (em seu site e nas redes sociais), mas também busque criar informalidade e intimidade com as pessoas – sem ser inconveniente, é claro! Pode-se convidar determinado cliente para um almoço ou à uma exposição em museu, por exemplo. Ao gerar mais afinidade com o cliente, inclusive, terá cada vez mais elementos de sua personalidade e gostos pessoais para realizar um melhor recorte de perfil e oferecer-lhe o imóvel mais indicado para suas demandas.

Foque nas pessoas que já conhecem seu trabalho

Quem já usou seus serviços, neste período de vacas magras, serão certamente seus melhores clientes. E por que isso é assim? Porque quem gostou de comprar com você será mais aberto à sua abordagem nova e aos contatos para anunciar e divulgar suas ofertas atuais. Pode ser até que eles não se interessem no momento pelo que está a oferecer, mas podem render ótimas indicações. Em cada contato que fizer, peça sugestões de pessoas que poderiam se interessar por suas ofertas.

Eduque-se financeiramente

Se este é um momento que pode ser mais complicado, não é a hora de gastar muito dinheiro. Busque fazer uma reserva financeira: melhore seus hábitos de consumo, adie aquela viagem ao exterior, corte jantares em restaurantes caros. Em vez disso, invista na sua educação sobre finanças e o mercado imobiliário, para que você tenha mais perspectiva acerca do que ocorre e quando e como agir em cada situação.

Use o período de crise no mercado imobiliário para ganhar mais espaço e conquistar novos clientes. Confira nosso post com dias sobre como usar a crise a seu favor!

Clientes imoveis e parcerias em um só lugar

Artigos relacionados: