Os principais erros que corretores cometem ao tentar uma venda

Publicado em Geral Tags: , , , , , , ,

O mercado imobiliário está em expansão e, sobretudo com as novas tecnologias informáticas, também exige constantes mudanças e aperfeiçoamento de seus profissionais. Porém, existem certos hábitos e comportamentos que já há muito tempo podem comprometer o sucesso nas vendas de imóveis. São erros que, se continuamente repetidos no processo de negociação, vão atrasar ou até tirar de você a concretização da tão esperada venda. Gostaria de saber quais são esses pecados na venda de imóveis? Confira a seguir!

Falar muito

Ser um corretor “tagarela” não significa necessariamente atender bem o cliente ou lhe prestar as informações relevantes para convencê-lo sobre a aquisição ou locação de um imóvel. Se você quiser demonstrar aos clientes que tem muita desenvoltura e carisma, essa é a maneira errada – e a hora errada – para se fazer isso. Mantenha o foco naquilo que é pertinente ao imóvel e às demandas da pessoa que estiver atendendo, sem se prolongar sobre outros assuntos dispensáveis ou da vida pessoal.

Ouvir pouco

Geralmente, é uma característica que vem atrelada à anterior. Quando um corretor não ouve o que o cliente tem a dizer, fica mais difícil avaliar seu perfil, ou seja, suas necessidades, seus gostos pessoais e seu poder de compra. Dessa forma, o corretor acaba apresentando imóveis de seu portfólio que não são os mais adequados ao perfil da pessoa, nem são compatíveis com os interesses dela. Perdem-se tempo, comissões… e até clientes! Portanto, deixe o cliente falar e o estimule a contar muitos detalhes sobre ele e sobre o que está procurando.

Ser insistente

É importante manter o cliente por perto e ter contato constante com ele. Mas é importante também saber dosar essa relação, persistir nas horas certas e na porção adequada. Não é de bom senso nem de bom tom ficar ligando para o cliente quase todos os dias, enviando-lhe mensagens de texto ou e-mails, tentando forçar a concretização de um negócio. A partir dessa inconveniência, o cliente poderá ir embora e, para piorar, não recomendá-lo para os amigos e ainda falar mal de você.

Mostrar-se despreparado

Conhecer as características e os benefícios dos imóveis que está vendendo, fazendo a conexão destes com as demandas do cliente, é uma competência indispensável ao bom corretor. A falta de preparo pode afugentar os clientes desde os contatos iniciais e, em vez de potencializar seu desejo de compra, oferecendo-lhe as explicações e informações necessárias, o profissional despreparado dará motivos suficientes para que o cliente procure outro corretor que se mostre mais experimentado.

Não ser acessível e atualizado

Muitas vezes, um corretor perde uma venda porque não é encontrado. Hoje em dia, então, com a velocidade que o mundo digital implementou na vida de todo mundo, além de se mostrar acessível através do local de trabalho, por telefone e para o contato físico com a clientela, é essencial ler e transmitir e-mails, comunicar-se pelo celular e estar na internet, com portais de divulgação, e também nas redes sociais. Além disso, os aplicativos e softwares mais modernos vão otimizar e auxiliar na organização de sua vida profissional. Quais os principais erros que você percebe nos seus colegas durante suas rotinas de trabalho? Eles são vendedores bem-sucedidos ou não? E você, comete alguns desses erros? Conte para a gente!  

Para saber mais sobre o BemDireto siga por aqui e confira como captar clientes reais e fazer parcerias rentáveis.

Clientes imoveis e parcerias em um só lugar

Artigos relacionados: